• Revista Maxxi

Alternativas para Corpus Christi e Domingo de Ramos são debatidas em reunião prévia

Aconteceu na área externa da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo uma reunião entre alguns setores da administração municipal e párocos. O encontro foi realizado para definir a 73ª edição do Corpus Christi de Matão que neste ano é celebrado em 03 de Junho. Por decisão da igreja católica e Prefeitura de Matão, a tradicional festa reconhecida internacionalmente pela união da arte e a fé em seus tapetes decorados por artistas e munícipes, deixa de acontecer pelo segundo ano consecutivo, devido ao agravamento da pandemia da Covid 19.


“A nossa tradição será mantida de maneira diferente e tudo vem sendo avaliado de acordo com a necessidade do momento, mas hoje a prioridade é a vida. Há um ano estamos nos reinventando devido as mudanças impostas pela Covid-19”, afirmou o prefeito, Adauto Scardoelli.


Além do secretário de Esportes, Lazer e Turismo, José Orlando Marchesan Mingossi, participaram do encontro o Padre Marcelo Jolli da Paróquia Santa Cruz, o Padre Jorge Nahra da Paróquia Senhor Bom Jesus, o Padre Ronaldo de Faria da Paróquia São Sebastião e representantes dos Departamentos de Cultura, Trânsito e Imprensa.


“Esta é uma decisão muito difícil para nós devido à representatividade da festa aos matonenses, mas infelizmente foi uma medida necessária. Houve o consenso entre a Igreja Católica e a Prefeitura de Matão de que a Covid-19 nos impõe esta decisão tomada hoje ”, afirmou o secretário.


O processo de organização do ano seguinte já se inicia logo após o encerramento da celebração anterior, ou seja, um ano antes de sua realização é projetada a maior festa de Corpus Christi do país.


Inicialmente, existe a organização humana entre as equipes das igrejas, Prefeitura, artistas, voluntários, escolas, entidades e a comunidade. Após a definição dos temas, inicia-se o processo da estrutura física com a produção do material utilizado para a ornamentação dos tapetes, como moldes e toneladas de dolomitas utilizadas na confecção dos 12 tapetes por onde passa a procissão.


“A Cultura tem um grande espaço nesta festa. Lembro que todos somos artistas e voltar ao passado quando as famílias faziam seus tapetes com o improviso de materiais em suas casas, também simbolizará a grandiosidade desta celebração”, ressalta o diretor de Cultura, Juliano Jacopini.


Além disso, paralelamente aos enfeites, são realizadas celebrações nas igrejas, exposições, a feira de artesanato, apresentações artísticas e demais ações que compõem a data no município.



Domingo de Ramos


Outra celebração importante da igreja católica e de grande participação da comunidade matonense, é o Domingo de Ramos, evento religioso que marca o início da Semana Santa e antecede o domingo de Páscoa. Durante a mesma reunião, ficou definido que, a caminhada da fé que tem seu ponto de partida a Paróquia da Santa Cruz com destino à Silvânia, e que conta com a participação de milhares de fiéis, não será realizada devido ao agravamento e número de casos da Covid-19.


Em 2021 seria a 35ª edição deste evento em Matão. “Realmente não será possível realizá-la da forma que todos já conhecem, pois esta data é marcada em Matão pela quantidade de pessoas que participam todos os anos, assim como o Corpus Christi. Mesmo assim, estamos estudando alguma ação mais restrita que simbolize a entrada de Jesus a Jerusalém”, disse o Padre, Marcelo Jolli.



0 comentário

(16) 3383-9092 | (16) 99151-5077

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

SITE POR @HIBOUPROPAGANDA