top of page
  • Foto do escritorRevista Maxxi

Aposentadoria por idade em 2023, como ficará?

O que vai mudar em 2023 para a aposentadoria por idade pelo INSS?

Antes da reforma da Previdência de 2019, a mulher para se aposentar precisava estar com a idade de 60 anos, após a reforma, essa idade a partir de 2023 subirá para 62 anos. Desde 2019, o requisito da idade mínima da aposentadoria da mulher vem aumentando progressivamente 6 meses a cada ano, conforme a denominada Regra de Transição que termina em 2023.


Para se aposentar em 2023, os requisitos exigidos são:


Tanto o homem quanto a mulher deverão ter contribuído por pelo menos 15 anos junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Ele deverá ter 65 anos de idade e ela 62 anos.


Cálculo da aposentadoria

O cálculo da regra da idade progressiva utiliza a média de todos os seus salários, a partir de julho de 1994, multiplicado por 60% + 2% para cada ano acima de 20 anos de contribuição para homens e 15 anos de contribuição para mulheres.


É possível a aplicação das regras anteriores?


Via de regra não, entretanto, para ter direito a se aposentar pelas regras antigas é necessário que o trabalhador tenha conseguido o direito adquirido. Neste caso, é preciso ter reunido todos os seguintes requisitos até 13 de novembro de 2019:

A mulher precisa ter 60 anos de idade e o homem 65 anos de idade, ter uma carência de 180 meses (contribuindo junto ao INSS).


Não completei a idade mínima até o dia 12/11/2019??? Como fica o meu tempo de contribuição?


De acordo com as novas regras, o trabalhador que já estava contribuindo antes da reforma, mas não tinha completado os requisitos necessários para se aposentar por idade a partir de 13 de novembro de 2019, poderá ser aplicada a regra de transição.


Confira os requisitos para se aposentar pela regra antiga:


Homem: 65 anos de idade e 15 anos de contribuição;

Mulher: 60 anos de idade e 15 anos de contribuição;

Vale ressaltar que a idade da segurada mulher começou em 60 anos, em 2019, e aumentou 6 meses por ano até atingir 62 anos, em 2023.


Para quem começou a contribuir após a reforma, a nova regra que passou a vale a partir de 13 de novembro de 2019, exige:


Homem: 65 anos de idade e 20 anos de contribuição;

Mulher: 62 anos de idade e 15 anos de contribuição.


Valor da aposentadoria:


60% da média de todos os seus salários + 2% ao ano que ultrapassar:

Homem: precisará ter uma contribuição junto ao INSS de 20 anos

Mulher: precisará ter uma contribuição junto ao INSS de 15 anos.


Se você gostou do conteúdo e quer saber mais sobre Direito Previdenciário, siga nossas redes sociais.



bottom of page