• Revista Maxxi

Cães e gatos do Canil Municipal receberam carinho em confraternização


No domingo (19) voluntários da ONG 'Amor sem raça', com a presença do prefeito Cido Ferrari, do secretário de Administração, Fazenda e Controle Interno, Willian Di Gaetano Bassi e da diretora do Meio Ambiente, Maria Bellintani Ourique de Carvalho, distribuiu carinho e amor aos animais, que encontram-se acolhidos no Canil Municipal, por longa permanência.

Esta ação teve o objetivo de promover a confraternização entre os animais e seus protetores, repensar sobre as campanhas de conscientização e castração, bem como avaliar possibilidades de manutenção e melhorias para o espaço dos animais abandonados no município.

"Todos nós sabemos que esses animais não queriam estar aqui, preferiam ter um lar. E essa ajuda voluntária que a ONG 'Amor sem raça' dá ao Canil é fundamental, pois esses animais foram abandonados, por pessoas sem consciência da importância de cuidar. Nós entendemos que a ação de hoje é algo que temos que valorizar. Por isso estamos aqui acompanhando e aproveitamos para parabenizar os voluntários pela atitude tão exemplar, em ajudar a cuidar dos animais, trazendo carinho e este petisco que eles tanto gostam", disse o prefeito Cido Ferrari.


Ainda de acordo com o prefeito, a ação ajuda a promover a conscientização das pessoas sobre o papel dos animais na vida de cada um e o quanto a saúde deles está ligada a saúde pública, vindo ao encontro do apelo que o poder público faz a população, para que não abandonem seus animais, porque o ato ilícito provoca um transtorno irreparável a eles, que passam a viver trancados.


O secretário de Administração, Fazenda e Controle Interno, Willian Di Gaetano Bassi lembrou que recentemente o prefeito autorizou que fossem alocados recursos para a manutenção do Canil, além da realização de grande quantidade de castrações.


Para a presidente da ONG Solange Sola, a presença dos animais na vida das pessoas traz alegria e até mesmo melhorias para a saúde emocional. "Os animais não pedem nada em troca para amar seu dono. Sabemos de muitos exemplos de idosos, crianças, e até doentes, que passam a se sentir mais felizes quando tem um animal de estimação. Temos famílias na ONG que não têm filhos e a alegria da casa são seus animaizinhos", considerou Solange.


"O trabalho voluntário de todas as ONGs protetoras dos animais é imprescindível para que continuemos a melhorar o tratamento que damos a eles, principalmente pelo apoio as campanhas de conscientização, castração animal, adoção e posse responsável”, salientou a diretora de Meio Ambiente Maria Ourique Bellintani Ourique de Carvalho.


A comovente história da adoção do cachorro idoso 'Rodrigo'


De acordo com Suely de Oliveira Lázaro, que adotou o animal idoso, ele foi abandonado na Rodovia Faria Lima e salvo por um caminhoneiro chamado 'Rodrigo'. "O motorista o trouxe até o Canil, com uma bala de 'chumbinho' na perna, muito magro, ferido e assustado. Nós curamos e batizamos ele com o nome de Rodrigo. Agora ele já está velhinho e eu o adotei, porquê é muito dócil e gostaria de dar o exemplo para as pessoas adotarem também os animais, que são mais velhos, pois eles são amáveis e vão trazer muita alegria", contou emocionada Sueli.


Para adotar um animal, entre em contato com a Secretaria do Meio Ambiente, através do telefone (16) 3383-4059 ou vá até o Canil Municipal, localizado na Via Luiz Gonzaga da Silva leite (Estrada da Pedreira), s/n, aberto de segunda-feira a sexta-feira, das 8h as 17h.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura