• Revista Maxxi

Confiança da indústria sobe em maio, diz FGV


O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,7 ponto na passagem de abril para maio deste ano. A alta veio depois de quatro quedas consecutivas. Com o resultado, o indicador chegou a 104,2 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, e retornou ao patamar de março deste ano.


O resultado foi influenciado pelo aumento do otimismo dos empresários da indústria brasileira em relação aos próximos meses, quesito medido pelo Índice de Expectativas, que subiu 2,1 pontos e chegou 99 pontos. Já o Índice da Situação Atual, que mede a confiança no presente, recuou 0,5 ponto e atingiu 109,5 pontos.


“O avanço da vacinação, embora lento, e a recuperação de economias externas, ampliando as exportações, são elementos que tendem a contribuir com a melhora das expectativas para o próximo semestre”, afirma a economista da FGV Claudia Perdigão.


O Nível de Utilização da Capacidade Instalada da indústria subiu 1,1 ponto percentual, para 77,8%.


Fonte: Agência Brasil