top of page
  • Foto do escritorRevista Maxxi

Confira as dicas de segurança da ARTESP para uma viagem mais tranquila


Os meses de dezembro e janeiro são marcados pelo aumento expressivo de veículos nas rodovias devido às festas de fim de ano e as férias escolares. Para ajudar o motorista a ter uma viagem mais segura, a ARTESP - Agência de Transportes do Estado de São Paulo reuniu algumas dicas importantes para o momento de pegar a estrada.

“Para viajar dentro da lei e sem preocupações, é importante que o planejamento conte com detalhes como documentação em dia e mecânica do carro adequada. O trânsito em rodovias cobra mais do veículo, portanto, é necessário que sejam tomados todos os cuidados para que não haja problemas no caminho”, explica o diretor de Operações da ARTESP, Walter Nyakas.

Revise seu carro

Antes de pegar a estrada é importante checar se a revisão do veículo está em dia. Confira os freios, a suspensão, se os pneus estão calibrados, além dos níveis de óleo, água e combustível. Teste também o funcionamento de faróis, lanternas, e limpadores de para-brisas. Lembre-se, ainda, de verificar se o carro tem triângulo, estepe e macaco para o caso de alguma adversidade.

Documentação em dia

É de extrema importância que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRVL) estejam atualizados. O Detran destaca que a falta do licenciamento em dia é uma infração gravíssima que pode levar a apreensão do veículo, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira.

Cuidado

Não consuma bebidas alcoólicas antes da viagem. A atitude pode colocar em risco todos que estão no carro e próximos a ele, já que o álcool reduz os reflexos e a capacidade de reação do motorista. O Detran informa que o motorista flagrado embriagado ou que se recuse a fazer o teste do bafômetro recebe multa de quase R$ 3 mil e responde a processo de suspensão de CNH.

“O álcool reduz os reflexos e a capacidade de reação do motorista, podendo gerar acidentes. Dirigir exige máxima atenção, portanto, lembramos que a mistura de bebida e direção não combina. Quem apresenta mais de 0,34 miligramas de álcool por litro expelido no sangue, responde na Justiça por crime de trânsito”, ressalta Juan Carlos Sanchez, diretor de Educação para o Trânsito e Fiscalização do Detran.SP.

Planeje o seu trajeto

Pense no seu trajeto, incluindo as pausas para descanso. Dormir bem é essencial para garantir um caminho seguro. Além disso, parar em alguns pontos para se alimentar e alongar o corpo faz parte de uma viagem mais tranquila.

Evite dirigir em condições desfavoráveis

Dirigir fica mais difícil em dias com condições adversas, com neblina e chuva, por exemplo. Se já estiver na estrada e se deparar com tempo ruim, reduza a velocidade, acenda os faróis e mantenha uma distância segura do veículo da frente. Em caso de visibilidade muito baixa, busque um local fora da via para parar com segurança. Por outro lado, se ainda não estiver na estrada, e puder, espere o clima melhorar para depois seguir com a viagem.

Celular e chinelo são proibidos

O uso do celular deve ser evitado. O Detran alerta que o telefone só pode ser usado quando o veículo estiver estacionado e com o motor desligado. O aparelho pode ser utilizado na função GPS, desde que seja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro. O órgão de trânsito destaca, ainda, que não é permitido dirigir utilizando chinelos, sandálias ou tamancos - melhor dirigir descalço.

Na estrada

Mantenha distância do carro à sua frente - ficar muito perto limita o tempo de reação do motorista em caso de acidentes.

Ande em velocidade constante e respeite os limites da pista.

Só ultrapasse se for seguro.

Respeite a sinalização de trânsito.

Não mexa no celular.

Use o cinto de segurança e cadeirinhas adequadas para as crianças menores

Para emergências

Tenha sempre em mãos os números de emergência. Em rodovias concedidas pelo Estado, existe o atendimento ao usuário que dá todo o suporte necessário: consulte o número das concessionárias aqui. Além disso, os números da Polícia Militar (190), SAMU (192) e Bombeiros (193) são de fácil memorização.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Detran.SP


bottom of page