• Revista Maxxi

Escola da rede municipal de São Lourenço do Turvo publica livros


A manhã de autógrafos na EMEF Profª Helena Borsetti, ocorrida ao final do ano passado, transcorreu com emoção e aplausos aos 122 estudantes, bem como a seus professores e familiares, por terem se destacado em toda rede municipal de ensino, com o sucesso das publicações de seus livros.


O projeto de leitura e escrita nomeado 'Super Autor', desenvolve o letramento e os estudantes escrevem e ilustram seus próprios livros. Sendo uma iniciativa da escola, cada um dos autores foi desafiado a produzir um livro, somando-se 122 histórias, que vão se perpetuar.


"Consideramos extraordinário esse projeto e por isso parabenizamos aos estudantes, familiares e professores. Enquanto muitos jovens estão ligados apenas no mundo virtual, nossas crianças e adolescentes vivem uma experiência que vão levar para toda vida e poderão até se tornar escritores profissionais", salientou o prefeito Cido Ferrari.


Publicados pela 'Super Autor' Editora

De acordo com a diretora da EMEF Helena Borsetti, Milena Prandi Vieira Ribeiro Ferreira, o 'Super Autor' é um projeto onde os estudantes escrevem e ilustram seus próprios livros. Teve a duração de um semestre, iniciado em agosto e encerrado em dezembro, com o evento de autógrafos, sendo publicado pela editora Super Autor do Rio de Janeiro.


"Os pais adquiram os exemplares e a editora ofereceu todo suporte para a organização dos textos e ilustrações, antes das publicações", explicou a diretora.


Ao todo são 122 histórias diferentes, cujos títulos foram escolhidos pelos próprios estudantes.


Os livros ainda não estão disponíveis para venda, mas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, pretende-se ter uma coletânea completa com os 122 títulos disponíveis para leitura na Biblioteca da EMEF Helena Borsetti.


"Apoiamos a criatividade das nossas escolas e quando temos um resultado com esse nível de envolvimento e excelência, constatamos que estamos no caminho certo, em relação a autonomia, a qual incentivamos a nossa rede municipal de ensino", salientou o Secretário de Educação e Cultura, Alexandre Luiz Martins de Freitas.

O desenvolvimento pedagógico ocorrido durante o processo de produção dos livros


Ainda conforme a diretora Milena, o projeto 'Super autor' aguçou o interesse dos estudantes, pela leitura e escrita. "Poder escolher um título, descrever a própria história e saber que essa história se transformaria num livro de verdade, foi uma experiência única. A escrita é uma forma de colocar os sentimentos para fora, de melhorar a comunicação e assim superar as dificuldades com as palavras que complicam o desempenho do estudante, desde as tarefas mais simples do dia a dia até a expressão de sentimentos", avaliou a diretora.


Fator motivacional promove a organização de pensamentos


"Posso dizer que o trabalho foi concluído com sucesso e não poderia deixar de agradecer ao corpo docente, a coordenação pedagógica, as famílias e a Secretaria Municipal de Educação, pois acreditamos muito no trabalho em equipe. Esse sim faz a diferença e rende bons frutos", concluiu Milena.


Para saber mais sobre o projeto, entre em contato com a Secretaria de Educação e Cultura de Matão, através do telefone (16) 3382-6606.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura