• Revista Maxxi

Escola da rede municipal implantará horta comunitária


A Prefeitura de Matão, através da Secretaria de Educação e Cultura, terá horta escolar e comunitária, criada e implantada pela EMEF Prefeito Celso de Barros Perche (CAJU). O objetivo do projeto nomeado "Aqui se planta, aqui se colhe" é desenvolver atividades pedagógicas junto as crianças, utilizando a horta como fio condutor no processo de aprendizagem.


"Parabenizamos a escola do 'CAJU', pela iniciativa do projeto da horta, que poderá servir de exemplo para outras instituições de ensino, públicas e privadas", salientou o prefeito Cido Ferrari.


De acordo com a diretora Celimara Inês Garbim Avelino, idealizadora do projeto, a implantação da horta será viabilizada por meio da colaboração voluntária de pessoas da comunidade circunvizinha à escola, que se vinculam espontânea e legalmente, através do projeto "Amigos do Caju", e assim se firma em termos de doações por parte de empresas que atuam com responsabilidade social.


"Assim trazemos pessoas que desejam colaborar com ações da escola, como essa tão importante doação de ferramentas realizada pela Cadioli para a horta escolar e comunitária, a qual agradeço em nome da família 'CAJU', à pessoa do senhor Roberto Cadioli", considerou Celimara.


Uma significativa quantidade de ferramentas doadas à horta pela Cadioli Implementos Agrícolas LTDA, como: carrinho de mão (carriola), cavadeiras, pá de bico, pá quadrada, enxadão, enxada, rastelo, etc., possibilitará o início do cultivo da horta.


"Estamos felizes em poder contribuir com o projeto da horta e já parabenizamos a escola pela iniciativa e desejamos que essa semente cultivada na terra, nasça e floresça, em benefício da nossa comunidade", salientou o diretor da empresa parceira, senhor Roberto Cadioli.


Ainda conforme a diretora Celimara, a horta contribuirá com o pleno aprendizado dos estudantes, a medida que promove um processo de construção de saberes: o plantio, o cultivo, a colheita, a comercialização, o preparo e o consumo de uma alimentação saudável, tão importante para a saúde e economia doméstica.

Para o secretário de Educação Alexandre Luiz Martins de Freitas, "o projeto da horta torna as atividades pedagógicas mais atrativas e desperta nos estudantes o interesse pela alimentação saudável, além de ampliar o repertório de palavras e estimular a convivência e o trabalho em grupo", avaliou.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura