• Revista Maxxi

Faixa de 18 a 29 anos, com comorbidades, agendam vacinação


A Secretaria da Saúde já está realizando o agendamento dos pacientes entre 18 e 29 anos que possuem comorbidades e grávidas. Esta será a última faixa de vacinados com comorbidades.


Depois desse período, segundo o Governo do Estado, vão ser imunizados a população em geral. Desde janeiro deste ano a Prefeitura já aplicou mais de 34 mil doses da vacina que se iniciou com faixas de idade entre 60 anos ou mais. Também foram vacinados professores, profissionais da saúde e pessoas com comorbidades e que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).


PESSOAS COM DEFICIÊNCIA OU COM MOBILIDADE REDUZIDA


Nesta semana a Prefeitura vai iniciar também a vacina em ‘portadores de necessidades especiais’. Os responsáveis pelos cuidados das pessoas com deficiência (parentes e cuidadores) já podem ir até uma unidade mais próxima de suas casas ou mesmo pelo telefone para fazerem o agendamento da vacina e depois devem aguardar os contatos, por telefone, dos profissionais da saúde que avisarão sobre o dia e hora para a imunização.



MUDANÇA NA VACINA DA GRIPE PARA PACIENTES COM COMORBIDADES


A ‘Campanha da Vacina contra a Gripe, que nesta semana atende o terceiro grupo prioritário, composto por vários segmentos da população, terá prioridade para: caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e portuário; membros da força de segurança e do Exército; e funcionários do sistema prisional.


A população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas também serão imunizados nesta fase. Também podem ‘ainda’ serem imunizados contra a gripe, pessoas com mais de 60 anos, professores, trabalhadores da saúde, crianças de 6 meses até 6 anos e puérperas (mulheres que tiveram filhos há até 45 dias).

A Secretaria da Saúde alerta que pacientes com comorbidades (que seria o público a ser vacinado agora) que estão agendados para a vacina da Covid-19 devem priorizá-la. Isto porque entre a vacina da Covid-19 e a da Gripe deve haver um intervalo de pelo menos 14 dias.


Assim a Prefeitura anuncia para o mês de Julho a retomada deste grupo com comorbidades para que eles possam também, após a vacina da Covid-19, depois de 14 dias possam também ser imunizados com a vacina da Gripe que também é muito importante para a proteção de todos.


Neste sentido, Segundo o Secretário de Saúde Ademir de Souza, “se a pessoa está próxima de tomar sua vacina de Covid-19, é recomendado que faça a imunização contra o coronavírus primeiro, por que a Prefeitura vai ampliar o prazo para pacientes com comorbidades. Assim poderá tomar a vacina da Gripe, posteriormente, por causa da necessidade de aguardar os 14 dias de intervalo entre uma dose e outra”, explicou Ademir.


Assim como nas fases anteriores, a Prefeitura vai fazer o dia ‘D’ da vacina da Gripe para pessoas com comorbidades. Isso vai ocorrer no mês de Julho e a Secretaria da Saúde deverá anunciar a nova data em breve.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura