• Revista Maxxi

Fase vermelha no estado de SP começa à 0h de sábado (6)

Com recorde de mortes e pessoas internadas em estado grave, o governo do Estado de São Paulo decidiu hoje (3) colocar na Fase Vermelha do Plano São Paulo, todo o estado, na tentativa de conter o avanço do novo coronavírus. A medida entra em vigor no sábado (6) e valerá pelo período de 14 dias, até o dia 19 de março.

Na Fase Vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, somente serviços considerados essenciais como farmácias, padarias, postos de combustíveis, transporte, bancos, hotéis e supermercados podem funcionar. Nesta semana, o governo estadual acrescentou igrejas e estabelecimentos religiosos como serviços essenciais, limitando o número de participantes e com exigência de cumprimento de todos os protocolos, como distanciamento, uso de máscaras e fornecimento de álcool em gel.

A Fase Vermelha não proíbe a circulação de pessoas pelas ruas, como ocorre em um lockdown, porém, comércio, bares e restaurantes, somente podem oferecer serviços de delivery, ou de compras pela internet.

Também o toque de restrição sofreu alteração e, a partir de sábado, 06, será das 20h às 5h horas. A medida, também, não proíbe circulação de pessoas à noite, mas intensifica a fiscalização para evitar aglomerações e descumprimento do Plano São Paulo, como realizações de festas clandestinas.