• Revista Maxxi

Indústria e poder público solicitam novos cursos para a Fatec de Matão


Em busca de novos avanços para o Ensino Superior Tecnológico de Matão, na semana passada, uma comitiva de matonenses se reuniu novamente para dar sequência às tratativas do projeto de ampliação da Faculdade de Tecnologia de Matão (Fatec). O grupo esteve em São Paulo (SP), e apresentou à Prof.ª Laura Laganá, diretora superintendente do Centro Paula Souza, a necessidade que as empresas de Matão têm, quanto à mão de obra qualificada.


O objetivo desta reunião é que o município conquiste, em breve, novos cursos bem como a ampliação das instalações da Fatec Matão. Os novos cursos de graduação podem ser instalados em períodos diferentes ao que já é ocupado com o de Análise de Processos Agroindustriais, já que as obras de ampliação do prédio atual, executada pela Prefeitura, estão em fase de conclusão. Uma estratégia educacional que permitirá a geração de emprego e renda, através dos setores industrial, agropecuário e de serviços.


Deste encontro participaram o Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Itamar Borges, o Secretário Executivo da Agricultura e Abastecimento, Francisco Maturro, o prefeito Cido Ferrari, o secretário de Administração, Fazenda e Controle Interno, Willian Di Gaetano Bassi, os empresários das indústrias matonense que compõem a direção do CIESP/Matão, Alex Antoniosi, Walter Baldan Filho e João Marchesan, Rafael Ferreira Alves, coordenador de Ensino Superior de Graduação do Centro Paula Souza (CESU), Bruna Fernanda Ferreira, Diretora de Engenharia do CPS e o diretor da Fatec de Matão, Marcelo Picchi.


Além do pedido de novos cursos para a sede atual, este grupo apresentou o pedido para construção de uma estrutura maior, na área disponibilizada pela Prefeitura e que os vereadores aprovaram o projeto de lei por unanimidade, com aproximadamente 21 mil metros quadrados, localizada no Residencial Las Palmas.


“Todos reconhecem a necessidade que temos em Matão, afinal, nossa cidade é referência em um dos principais setores da economia mundial, o agronegócio, com grandes perspectivas de investimentos, a cada ano. Porém, para tudo isso continuar no ritmo que o agronegócio precisa, é necessário mão de obra especializada. Estes empresários estão empenhados em conquistar oportunidades para os moradores de Matão, já que nossas empresas têm preferência em contratar profissionais que moram aqui. Portanto, a Prefeitura já está finalizando a obra do atual prédio da Fatec, disponibilizou uma área para a nova unidade com aprovação da Câmara, e o principal motivo de todo este esforço está na demanda da indústria. Tudo isso reforça a necessidade da expansão desta instituição, e tenho certeza que vamos alcançar mais esta conquista para Matão”, disse o prefeito Cido Ferrari.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura