• Revista Maxxi

Inscrições para processo seletivo do IBGE se encerram hoje


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) alerta para o último dia de inscrições para o preenchimento de 81 vagas para a organização e coleta do Censo Demográfico 2022 em Matão, sendo 73 vagas para recenseador e 8 para agente censitário. O prazo estipulado para as inscrições é 21 de janeiro e o pagamento da taxa de inscrição deve ser feito até 16 de fevereiro.


Para o cargo de Recenseador - responsável por visitar os domicílios e realizar as entrevistas -, é necessário nível fundamental completo e a remuneração será de acordo com a produtividade, a qual pode ser simulada pelo site: https://censo2022.ibge.gov.br/trabalhe-no-censo/estimativa-de-remuneracao.html#simulador


O recenseador possui uma jornada de trabalho mais flexível, podendo atuar em horários alternados ao longo do dia, com vistas a encontrar os moradores em seus domicílios para realização da pesquisa. O mínimo recomendado são 25h semanais.


Para Agente Censitário - responsável por coordenar o andamento da pesquisa e a qualidade das informações - é necessário ter concluído o ensino médio, e a remuneração será de R$ 1.700,00. Para o primeiro colocado no processo seletivo a remuneração é um pouco mais elevada, chegando a R$ 2.100,00.


Este cargo possui uma jornada de trabalho fixa, de 40h semanais. Seu local de trabalho também será fixo, em um dos postos de coleta só IBGE.


As inscrições podem ser feitas no link: https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 , onde é possível conferir o edital de cada vaga, fazer a inscrição e posteriormente conferir o resultado. Há a possibilidade de isenção para pessoas inscritas no CadÚnico e doadores de medula óssea. Ainda, existem vagas disponíveis para pessoas pretas e pardas (PPP’s) e pessoas com deficiência (PCD’s).


Para ter acesso às informações completas, basta consultar o edital ou entrar em contato pelos telefones (16) 3322-1410 ou (16) 98134-0779


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Foto: Lucia Rubinstein/Agência IBGE Notícias