• Revista Maxxi

Matão inicia Campanha do Agasalho 2022


O Fundo Social de Solidariedade de Matão e a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento e Social lançaram nesta terça-feira (05), a Campanha do Agasalho 2022. Com apoio das entidades assistenciais, sindicatos, comércio, empresas, instituições públicas e privadas, esta será uma das maiores edições já realizadas no município.


Mais de 70 pontos de arrecadação distribuídos em Matão e no Distrito de São Lourenço do Turvo, recebem artigos adulto e infantil, como roupas, agasalhos, toucas, luvas, calçados, além de mantas e cobertores em bom estado de conservação. As doações podem ser feitas até o dia 28 de maio, nestes pontos e no Centro de Armazenamento instalado no salão de festas do Conjunto Poliesportivo.


Após o período de coleta, todas as doações são organizadas e distribuídas às entidades, igrejas e clubes de serviços que atuam no serviço social. Ao final da Campanha, elas repassam os itens para centenas de famílias em situação de vulnerabilidade social. Neste ano serão 23 instituições beneficiadas com a Campanha do Agasalho de Matão.


O evento de lançamento aconteceu no auditório da Secretaria de Esportes e Lazer e contou com a presença do prefeito Cido Ferrari, da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Márcia Ferrari, do vereador Davison Tosadori, do Secretário de Assistência e Desenvolvimento e Social, Luiz Antônio Tamanini, do Secretário da Saúde Ademir de Souza, do Secretário de Esportes e Lazer, José Orlando Marchesan Mingossi, servidores municipais, imprensa, voluntários e demais representantes das entidades colaboradoras.


O prefeito Cido Ferrari destacou que a Campanha só alcança seu objetivo, graças à solidariedade dos matonenses. “Esta ação depende exclusivamente da compaixão pelo próximo e esta qualidade está entre as maiores virtudes dos moradores de Matão. Espero que as temperaturas deste inverno não sejam tão rígidas, e que possamos atender a todos que precisam de um abrigo. Conto com o apoio da população e agradeço a todos que nos apoiam em mais esta iniciativa”, frisou.

A partir desta terça-feira (05), as pessoas podem levar a “sacolinha do bem” em um dos pontos de arrecadação que receberam a caixa identificada com a logo da Campanha. Mais de 70 locais incluindo sindicatos, associações, instituições públicas e privadas, secretarias e departamentos da Prefeitura de Matão se prontificaram a adotar uma ou mais caixas.


Segundo Márcia Ferrari, a nova versão da Campanha do Agasalho, aderida desde o ano passado, facilita a logística dos moradores e dos trabalhadores . “As edições passadas tinham um dia especifico para coleta que geralmente acontecia em apenas um sábado. Às vezes, no momento em que os voluntários passavam nas casas, algumas pessoas não tinham separado a sacolinha ou não estavam em casa. Foi então que, no ano passado, devido à pandemia, projetamos uma ação que não colocasse em risco os envolvidos. Distribuímos várias caixas e o resultado foi muito positivo, pois facilitou o acesso da população e o trabalho das equipes. Então decidimos adotar a mesma composição que a versão anterior”, explicou.


Além dos locais citados, a partir de segunda-feira (11), um Centro de Armazenamento , instalado no salão de festas do Conjunto Poliesportivo “Dr. Laert José Tarallo Mendes”, estará aberto entre segunda e sexta-feira, das 8h00 às 17h00, onde abrigará as equipes

do Fundo Social e voluntários que organizarão as doações recebidas.


Como este projeto envolve toda a cidade, além de ser uma das maiores Campanhas já realizadas, esta edição tem um diferencial, como explica o secretário Luiz Antônio Tamanini. “Semanalmente nós estaremos em todos os pontos para coletar as doações depositadas nas caixas. Depois, todo o volume será conduzido pelos veículos da Prefeitura e armazenados neste salão. Conforme chegam as remessas, as equipes vão conseguir agilizar a separação de acordo com os tamanhos e perfis de quem vai receber. Além disso, este local visa facilitar a entrega de grandes volumes, como empresas que geralmente desenvolvem outras ações e depois disponibilizam suas arrecadações para nossa Campanha”, destacou


A presidente do Fundo Social também enfatiza que toda esta operação depende da ajuda de voluntários. “Nós precisamos de pessoas que contribuam no momento que as doações chegarem ao salão. Quem puder auxiliar na arrumação das peças, que acontece desde processo inicial até a organização final deste trabalho, poderá entrar em contato com a diretora do Fundo Social, Marta Almeida. Mais uma vez, obrigada Matão por nos apoiar e acreditar em nosso trabalho”, finalizou.


Mais informações podem ser obtidas no Fundo Social de Solidariedade de Matão, através do telefone 3382-8910.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura