• Revista Maxxi

Matão participa do projeto para criação do Agrupamento Urbano Central


Na sexta-feira (15), aconteceu uma audiência pública com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, no Centro Internacional de Eventos de Araraquara e Região (Cear), e teve como proposta definir a criação do Agrupamento Urbano Central, entre Matão e demais cidades da região. Representando o prefeito Cido Ferrari, compareceram ao encontro o secretário municipal de Governo e Negócios Jurídicos, Sebastião de Deus Moreira e o diretor Luiz Tamanini. Além disso, outros 24 representantes de cada um dos municípios presentes também puderam compor este Agrupamento.


O projeto do Agrupamento Urbano Central consiste em potencializar ações para o desenvolvimento de políticas regionais, onde os municípios poderão definir de maneira coletiva um planejamento socioeconômico, que envolva e proporcione benefícios para seus munícipes em áreas de interesse comum, entre elas: meio ambiente, transporte e saúde, entre outras.


O estudo apresentou a proposta de criação do Agrupamento Urbano Central com os seguintes municípios: Américo Brasiliense, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Borborema, Cândido Rodrigues, Descalvado, Dobrada, Dourado, Fernando Prestes, Gavião Peixoto, Ibaté, Ibitinga, Itápolis, Itirapina, Matão, Motuca, Nova Europa, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Rincão, Santa Ernestina, Santa Lúcia, São Carlos, Tabatinga, Taquaritinga e Trabiju. Juntos, os 26 municípios somam uma população de 1.014.169 habitantes e possuem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 38,92 bilhões.


“É construir e desenvolver nossas cidades ‘sem barreiras’ e criar conexões para que elas se fortaleçam ainda mais. Formamos uma potência econômica muito importante para o país, e Matão é uma grande aliada nestes resultados devido a sua representatividade industrial. Mas, assim como a nossa, todas as cidades têm seus problemas e geralmente são iguais. Acreditamos que ao debatermos juntos, os resultados positivos de nossas ações, consequentemente, também serão maiores”, enfatizou o Secretário de governo Sebastião de Deus Moreira.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura

headbanner.png