• Revista Maxxi

Matão vacinou no sábado (15) 1.482 pessoas contra a gripe influenza


Dando sequência a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza, foi realizado no sábado (15) o dia ‘D’, que funcionou como um dia de reforço e incentivo a vacinação para as pessoas que teriam dificuldades em comparecer as Unidades Básicas de Saúde, durante a semana.


O secretário de Saúde de Matão, Ademir de Souza aproveitou para percorrer todos os postos, onde ocorreu a vacinação no sábado e assim pode conversar e avaliar os resultados junto as equipes de enfermeiros, técnicos e atendentes: “conforme esperávamos, houve ótima adesão à vacinação contra a gripe neste sábado. Estamos empenhados em vacinar o máximo possível de pessoas contra a gripe, pois cuidar bem da saúde dos matonenses é uma meta do governo ‘Adauto’”, salientou.


De forma simultânea a vacinação contra a gripe, no mesmo dia ‘D’, as equipes de saúde se dedicaram à Campanha Nacional “Maio Vermelho”, que visa conscientizar e diagnosticar a população quanto a saúde bucal, cuidados e prevenção. Foi feito um cadastro com os nomes das pessoas que apresentaram necessidades de tratamento bucal, para continuarem junto aos profissionais ‘dentistas’ da rede municipal.


Mais sobre a 23ª Campanha contra a gripe Influenza


De (12) de abril até (10) de maio, foram vacinadas as crianças de seis meses até seis anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filho há até 45 dias), além dos indígenas e trabalhadores da área de saúde.


Desde o dia (11) de maio até o dia (8) de junho, a Saúde de Matão seguirá com a vacinação dos idosos com 60 anos ou mais e também dos professores.


Na última fase da campanha, entre (9) de Junho e (9) de Julho, serão imunizadas todas as pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes; caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e portuário; membros da força de segurança e do Exército e funcionários do sistema prisional. A população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas também serão imunizados nesta fase.


A importância da vacinação


A doença (gripe ‘Influenza’) é uma infecção respiratória aguda, causada por diferentes vírus, dentre eles o A e B. O vírus A está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias. Habitualmente em cada ano circula mais de um tipo de influenza concomitantemente (exemplo: influenza A (H1N1) pdm09, influenza A (H3N2) e influenza B). Dependendo da virulência dos vírus circulantes, o número de hospitalizações e mortes aumenta substancialmente, não apenas por infecção primária, mas também pelas infecções secundárias por bactérias.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura