• Revista Maxxi

Notifica Gov.Br entra em fase de testes


O notifica Gov.Br, do Ministério da Economia, entrou em fase de testes hoje com o intuito de ofertar serviços públicos digitais através de mensagens. Nesta primeira fase, motoristas receberão orientações para obter descontos de até 40% em pagamentos de multas de trânsito.


De acordo com o Ministério da Economia, 40 mil motoristas do país começaram a receber mensagens com orientações do Gov.Br para o pagamento de multas de trânsito dentro do prazo e com descontos de até 40%. Caso não realizem defesa prévia ou entrem com recurso contra a autuação, os condutores notificados obtêm os 40% de desconto sobre o valor da multa.


Na primeira etapa de testes, a ferramenta atenderá condutores com infrações de trânsito ainda a pagar. Os motoristas receberão mensagens através do aplicativo Gov.Br, por e-mail e SMS no celular. Posteriormente, outros serviços serão contemplados, informa o ministério.

Desenvolvido por equipes da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia e do Serpro, o Gov.Br já conta com 116 milhões de usuários. A ferramenta ainda foi desenvolvida com o apoio da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), do Ministério da Infraestrutura.

Segundo a pasta, os alvos deste teste são os condutores que ainda não aderiram ao Sistema Eletrônico de Notificações (SNE), os quais serão orientados a aderir. O SNE está disponível no aplicativo da Carteira Digital de Trânsito ou através do portal de serviços da Senatran.


“Com o Notifica Gov.Br, mudamos a lógica da comunicação entre o Estado e a população, pois começamos a oferecer serviços de forma antecipada. Nos tornamos mais preditivos. Ou seja, não é só o cidadão que vem atrás do serviço público no Gov.Br. Nós começamos a oferecê-los a partir da personalização da experiência do usuário com a plataforma Gov.Br”, explica o secretário de Governo Digital, Fernando Coelho Mitkiewicz, em nota.


A iniciativa faz parte da Estratégia de Governo Digital 2020-2022, que prevê a ampliação da notificação ao cidadão em, no mínimo, 25% dos serviços digitais. Atualmente, 72% dos 4,8 mil serviços do governo brasileiro são totalmente digitais.


João Sanita/Com informações da Agência Brasil

Foto: Detran/Divulgação