• Revista Maxxi

Professores vivenciam “acolhida e plantação de quaresmeiras”

Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Matão, realizou a recepção dos professores da rede municipal, com “acolhida e plantação de quaresmeiras

Esta semana a equipe gestora da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizou a recepção dos professores, com “acolhida e plantação de quaresmeiras”, a propósito de planejar um bom ‘retorno as aulas’, já que na próxima semana dia 23 de agosto, receberão os estudantes nas unidades escolares. Respeitando as orientações quanto ao uso de máscara e higienização constante das mãos, os educadores vivenciaram dinâmicas interativas de grupo e plantaram sessenta mudas de árvores quaresmeiras, doadas pelo Departamento de Meio Ambiente, no jardim de todas as escolas do município.


“Desejamos a todos os educadores e estudantes, um excelente retorno as aulas presenciais e agradecemos pelo empenho no desenvolvimento das atividades remotas, pois sabemos das dificuldades e esperamos que todos continuem se protegendo, para garantir a saúde e assim se possa dar continuidade ao processo educacional”, considerou o prefeito Cido Ferrari.


Segundo o secretário de Educação e Cultura, Alexandre Martins de Freitas, “o acolhimento foi planejado para receber os profissionais da Educação, que estavam afastados de suas atividades presenciais, desde o início da pandemia. Criamos um momento especial, no qual puderam rever os companheiros de trabalho, o espaço escolar e ainda falar do significado de estar tanto tempo longe do ambiente educacional”, salientou o Secretário.


O evento promoveu o “café de acolhimento”, gincanas e brincadeiras lúdicas, situações favoráveis a descontração e ao despertar da alegria entre os professores. Para além disso, em decorrência do aniversário do município, comemorado neste mês de agosto, o plantio das quaresmeiras representou também o ato simbólico nomeado ‘Dê um presente para Matão’.


De acordo com a diretora de Educação Claudionice Pereira Bellintani, “o ato simbólico representa também a esperança no retorno da convivência, tem um significado muito forte em relação ao momento difícil pelo qual passamos, tendo que nos afastar uns dos outros em meio a pandemia, por que a quaresmeira floresce depois de um período de recolhimento, exatamente como esperamos que aconteça com todos os educadores e estudantes”, refletiu Claudionice.


Equipe multidisciplinar que atende estudantes com deficiência também plantou quaresmeiras


Uma equipe de educadores muito especial, que atua de maneira multidisciplinar, interligada por várias instituições matonenses, voltada ao atendimento a pessoa com necessidades especiais de aprendizagem, sendo: o Núcleo de Atendimento Especializado-NAE-LUME; Núcleo de Apoio e Prevenção Educacional – NAPE “Renata Nicolucci” e o Centro Municipal de Ensino Especial para Surdos “Edra Cristiane Chiozzini, vinculados a Associação dos Pais dos Deficientes Auditivos – APADA – também plantou quaresmeiras no jardim com os mesmos propósitos já descritos.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura



headbanner.png