• Revista Maxxi

Vacinação contra a Influenza continua em Matão


A Campanha de Vacinação contra a Influenza continua acontecendo em todo país. Nesta semana entraram para o grupo de prioridade gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos há até 45 dias). Também continuam sendo vacinadas crianças com idades entre 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), além de idosos e profissionais da Saúde. Este público infantil também recebe uma dose contra o Sarampo.


“Mais uma vez frisamos a importância da população de manter as vacinas em dia, pois assim como a Covid-19, a Influenza, o Sarampo e outras doenças virais podem gerar inúmeras complicações à saúde e nos levar a óbito. A vacinação é a medida mais eficaz contra elas, e Matão dispõe de vários locais com os imunizantes, porém é necessário que as pessoas compareçam logo no início de cada fase das campanhas, pois assim previnem a transmissão e os demais riscos”, destacou o prefeito Cido Ferrari.


No sábado (30), aconteceu o “Dia D” em todas as Unidades Básica de Saúde (UBS’s) e do Estratégia Saúde da Família (ESF’s), que abriram suas portas para receber crianças, idosos e profissionais da saúde e na segunda-feira (02), foi iniciada a aplicação das doses em gestantes e puérperas.


Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, até a manhã de quinta-feira (05), foram imunizados em Matão: 1164 crianças contra o Sarampo; 920 crianças contra a Gripe; 63 gestantes; 03 puérperas; 1452 trabalhadores da Saúde; e 7127 idosos.


As pessoas que compõem os grupos priorizados neste momento e que ainda não receberam o imunobiológico, podem comparecer ao longo da semana na unidade de saúde referente ao seu bairro. Os responsáveis e suas crianças devem comparecer em uma das UBS’s (Postos de Saúde) e apresentar a caderneta de vacinação. Já os adultos podem receber o imunizante na UBS ou ESF e devem apresentar um documento pessoal com foto.


Para a próxima semana a Campanha será estendida para professores, pessoas com deficiência e comorbidades.


A gripe é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. Ela é provocada pelo vírus da influenza e tem grande potencial de transmissão. O vírus se propaga facilmente, levando a casos leves, mas, também, a casos graves, que aumentam as taxas de hospitalização e provocam a morte de pessoas mais vulneráveis à doença.


O sarampo é uma doença viral aguda altamente transmissível que pode apresentar complicações, principalmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura