• Revista Maxxi

Variante Delta predomina na capital paulista


A variante Delta (linhagem B .1 .617 .2 e sublinhagens AY) do novo coronavírus já se alastrou e predomina a capital paulista. Os dados foram mostrados em uma pesquisa elaborada pela prefeitura de São Paulo em parceria com o Instituto Butantan.


Após a identificação da linhagem nas amostras coletadas, a pesquisa apontou que 69,7% são da variante Delta e 28,4% da Gama. Os sequenciamentos são referentes à semana epidemiológica 33, do dia 15 a 21 de agosto, realizados pelo Instituto Butantan.


Em nota, a prefeitura de São Paulo afirmou que “A presença da variante Delta no município de São Paulo, assim como as demais variantes do novo coronavírus (Alfa, Beta e Gama), aumenta a preocupação em relação à alta transmissibilidade e diminuição da eficácia das medidas sociais e de saúde pública. A SMS [Secretaria Municipal de Saúde] recomenda que todas as medidas individuais de prevenção sejam mantidas com rigor”.


Apesar dos casos de covid-19 não apresentarem curva de crescimento, a administração municipal salienta a importância de que as pessoas com sintoma procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima da sua casa. Máscaras N95 ou Pff2 estão sendo distribuídas pelas UBS para proteção dos pacientes sintomáticos e das pessoas que residem com eles na mesma casa.


João Sanita

headbanner.png